terça-feira, 16 de maio de 2017

SE NÃO ME FALHA A MEMÓRIA


S em me dá uma chance me mandou embora
E o meu nome da sua agenda apagou de vez

N ão foi sem querer não disse da boca pra fora
A s suas palavras me magoaram olhe o que você fez
O ódio do seu coração me jogou no abismo

M eu passado ao seu lado não valeu de nada
E rrei quando pensei que em você não havia egoísmo

F iquei de cara no chão até perdi a fala
A gente quando erra merece ao menos um perdão
L onge de reparar o seu erro e assim me excluiu
H avia uma esperança, mas você não teve compaixão
A minha vontade de ser feliz a sua maldade impediu

A rrependimento não teve e nem voltou atrás

M e varreu da sua vida feito um forte furação
E nterrou os meus sonhos com a sua atitude voraz
M inha dor foi tão imensa que você não tem noção
O mundo dá voltas e de repente um telefone a tocar
R epare como são as coisas ouço alguém a chorar
I ronia do destino é ela me implorando pra voltar
A gora é muito tarde já tenho outra em seu lugar

MENTINDO PRA MIM


M e perdi de vez no labirinto da ilusão
E u não dei ouvidos aos bons conselhos
N ão sei mais o que fazer perdi a razão
T enho até pena quando me vejo no espelho
I maginei que ela seria o meu amor verdadeiro
N o seu sorriso eu construí a minha felicidade
D eixei a chama da paixão me dominar por inteiro
O meu coração inocente não enxergou a maldade


P recisei sentir na pele o veneno da serpente
R asguei seda falando sobre as suas qualidades
A cabei conhecendo a mentira bem de frente

M e enganei e acabei vítima da sua crueldade
I nfelizmente de enxergar eu não tive a capacidade
M ergulhei de cabeça num mar repleto de falsidade

JÁ NÃO SOU EU O SEU AMOR


J urei não chorar se me batesse saudade
A té certo tempo o seu amor foi só meu

N unca pensei que fosse lhe perder de verdade
A gora vejo outro recebendo o carinho seu
O meu coração parece ter mil espinhos nele

S onhei em ter seu amor para todo o sempre
O pesadelo é ver que perdi o meu amor pra ele
U m golpe do destino que me deixa deprimente

E stou pagando o preço por não ter lhe dado valor
U m erro por não ter acreditado no seu sentimento

O tempo não volta atrás e isso me enche de dor

S into lágrimas caírem do meu rosto a todo o momento
E ntre noites de solidão contigo vivo a sonhar
U nir agora seu coração ao meu sei que não dá mais

A cabei com a promessa de eternamente lhe amar
M e tornei com sua ausência um solitário sem paz
O arrependimento vem a cada minuto me assombrar
R ompi com o amor da minha vida e hoje sofro demais

NÃO POSSO FALAR


N ão me esqueço dos momentos de alegria
A felicidade existia por que existia você
O meu sentimento por ti não era fantasia

P or algumas vezes eu pensei em lhe dizer
O feitiço do amor não queria me deixar
S ei que nada vai lhe tirar do meu pensamento
S audades que com o tempo tento superar
O s anos se passaram e eu continuo sofrendo

F ui tolo por não ter declarado meu amor por ti
A rrependimento é tudo que carrego comigo
L evo a vida desejando que você volte pra mim
A ssim não consigo viver, é grande o castigo
R azão não sei deste meu sofrimento sem fim

NEM MESMO A LUA SABE


N oites sem dormir pensando nela estou passando
E screvo versos de amor enquanto não chega o sono
M ergulho na saudade do tempo em que nos amamos

M eu coração partido fica sofrendo no abandono
E ntro numa tristeza imensa com o passar das horas
S into um vazio profundo que me corrói por dentro
M eu arrependimento foi ter a deixado ir embora
O erro que cometi estou pagando e já faz um tempo

A credito que nunca sonhei em ter essa dor no peito

L ágrimas caem agora do meu rosto de tanta solidão
U m medo eu tenho que ela encontre um cara perfeito
A lua não sabe que a paixão que sinto é grande sim

S eria total felicidade se ela com pena me ligasse
A agonia que me tortura certamente chegaria ao fim
B rindaria feliz se ela aos meus braços retornasse
E u tenho esperança que algum dia ela volte pra mim

NÃO QUER FALAR COMIGO?


N ão ignore que eu não faço parte da sua vida
A inda que tente fugir de mim estarei contigo
O lhe ao seu redor, viver sozinha é a sua sina

Q uer ser amada, mas não encontra um abrigo
U ma tentativa atrás da outra e ele ainda lhe ignora
E ntra em depressão por se sentir num deserto
R azão por que eu da sua vida nunca fui embora

F icou sozinha, porém sempre continuo por perto
A sua vontade de encontrar um amor se esgotou
L ágrimas notei cair dos seus olhos ao anoitecer
A lguém lhe fez promessas e depois lhe abandonou
R eceio que apenas eu nunca me distânciei de você

C onheço seu desejo de viver uma grande paixão
O tempo passa e ele não reconhece o seu valor
M agoada se sentr por saber que o amor é ilusão
I nfelizmente você tem que conviver com essa dor
G aranto que não lhe farei mal, pois sou a solidão
O s seus braços me aceitam pela falta de um amor

É NA SIMPLICIDADE


E os mais lindos sentimentos desabrocham no coração

N atureza ao manhecer com lindas flores me presenteou
A o ver o meu vaso florido minha alma encheu de emoção


S em saber de nada alguém do lado fora ali o colocou
I menso presente ganhei ao sair para ver a luz do dia
M eus olhos ficaram repletos de lágrimas no momento
P enso que anjos surgem trazendo com e eles a alegria
L ogo uma semente de amizade faz crescer um sentimento
I magino que a vida seria sem graça sem os meus amigos
C ada um deles tem o dom de tornar meu mundo colorido
I luminado fica o meu caminho e por eles sigo sorrindo
D eus me presenteou e semear a amizade é meu compromisso
A ssim como as flores desse vaso meu coração está florido
D entro de mim a gratidão a todos que estão sempre comigo
E m meu jardim cada flor representa um amigo querido

AMIGA TE AMO


A cordei hoje com o meu pensamento em você
M uito feliz por causa do aniversário seu
I nspírado escrevi uma poesia para lhe oferecer
G uie Deus lá do céu todos os amigos meus
A legria tenho de poder ter você como amiga


T oda felicidade lhe desejo e com muito carinho
E cheia de flores será a estrada da sua vida

A miga que a luz divina ilumine seu caminho
M ais que nunca saiba que você por mim é querida
O bom é saber que contigo nunca estarei sozinho

NENHUM VESTÍGIO FICOU


N ão desacredite nas palavras de um homem desiludido
E nquando se divertia meus olhos ficavam em prantos
N ão tem remédio que cure a dor de um coração ferido
H oje dei um basta à quem me fez afogar em prantos
U m dia você vai se lembrar de alguém que lhe amou
M antenha-se firme quando a saudade lhe incomodar


V erá que o arrependimento é o monstro que você criou
E nem nas páginas socias meu perfil não vai encontrar
S egure as lágrimas quando descobrir que eu sobrevivi
T enha raiva ao saber que estou com a sua melhor amiga
I mensa decepção por não ter dado o devido valor à mim
G aranto que àquele que brinca com o amor a vida castiga
I mpossível juntar os pedaços de um coração quebrado
O amor verdadeiro é tão raro quanto um elefante branco

F ique desesperada com o sofrimento de ter me abandonado
I magine o que é ter paixão e ficar de reserva no banco
C ertamente não será engraçado viver sem ninguém ao lado
O utro cara não vai lhe dar o amor que eu lhe dava tanto
U m vestígio não deixarei, pode me procurar por todo canto

NÃO FAÇA NADA POR NÓS


N ão tente em vão me iludir com falsas promessas
A nos trás meu coração ingênuo na sua mentira acreditou
O terremoto entre nós mudaria nas suas conversas

F iquei impressionado com tudo o que você me falou
A creditei que daquela vez seria realmente para sempre
Ç omo curar alguém que pelo vírus do amor se contaminou?
A verdade é que pessoas brincam com o sentimento da gente

N ão se importam com quem um dia com a felicidade sonhou
A rmam armadilhas para enganar os corações inocentes
D e fato o sofrimento é real para quem apenas quer amar
A s coisas seriam diferente se eu tivesse poder de vidente

P or isso não espere um sinal de perdão do meu olhar
O ferte o seus beijos à outro que desconhece sua maldade
R eceba em dobro da vida todo o mal que você me causou

N ão chore tentando me convencer que sou sua cara metade
O seu parque de diversão por mim para sempre se fechou
S erei agora eu a sorrir de quem fez ao meu amor crueldade

EU ACREDITO EM DISCO VOADOR

E ngana-se você se pensa que eu sou um cara ateu
U ma descrença tenho, mas não é no nosso senhor

A credito em vidas após a morte e também em Deus
C reio que ninguém é feliz suportando muito a dor
R eceio que atrás Raul Seixas nasceu dez mil anos
E u acredito que possa haver vida em outro mundo
D e certo sereias habitam as profundezas dos oceanos
I mpossível não crer na verdade e até acho um absurdo
T em coisas que são mentiras e muitas são enganos
O que não dá para aceitar é que Judas foi um traidor

E u sei que Maria Madalena não é como que pensamos
M inha mente é aberta e sei que não existe um só criador

D inossauros me encantam e falar sobre eles me envolve
I nfelizmente tenho dúvidas quando você diz me amar
S aci-perere e mula sem cabeça fazem parte do folclore
C onheço história de fantasmas que me fazem arrepiar
O s extraterrestres vivem há tempo entre nós e não ignore

V erdade que não confio nas promessas, pois tenho temor
O assunto quando é sobre a sua paixão fico muito esperto
A ndo com a pulga atrás das orelha e sinto um certo pavor
D izem que a mentira tem perna curta e estou de olho aberto
O meu coração acredita em disco voador e não no seu amor
R azão tenho para desconfiar desse seu sentimento incerto

GELADA COMO UMA CERVEJA

G arota que não enxerga meu amor fazendo sinal
E ntre seus livros de romance ela vive viajando
L arga me aqui abandonado me sentindo muito mal
A paixonado por ela minha cerveja vou tomando
D uas ou doses de Martini para sedar meu coração
A guardando ela acordar desse seu sonho profundo


C omo ela pode me deixar assim jogado à solidão
O que me parece é que ela vive em outro mundo
M ando lhe flores que murcham pelo seu desprezo
O s bombons se derretem como meu amor por ela

U ma falta de atenção que meu coração sente medo
M eus pensamentos 24 horas por dia ligados nela
A qui nessa mesa somente a bebida pra me consolar

C arrego tanta mágoa no peito que ela não tem noção
E stou morrendo congelado abandonado aqui no bar
R asguei os versos que escrevi á ela no guardanapo
V esti a minha melhor roupa para lhe impressionar
E como prêmio a sua ausência no encontro combinado
J á passou das 23 horas e o garçon o bar vai fechar
A manheci na rua por causa do seu coração congelado

IMPRESSIONANDO OS ANJOS

I rracional eu era por viver fugindo do seu amor
M antinha todas as portas do meu coração fechadas
P erdi tempo por não desejar ser um descobridor
R econheço que não acreditava em conto de fadas
E stava eu num sono profundo sem querer despertar
S ó construíndo barreiras contra meu sentimento
S empre invisível para ninguém poder me notar
I maginado assim não sentir a dor do sofrimento
O meu disfarce era apenas para ninguém me descobrir
N ada dura para sempre e nem o gelo do meu coração
A primeira vez que não tentei da felicidade fugir
N os olhos daquela morena notei o fogo da paixão
D ona de um sorriso encantador que nem sei explicar
O meu coração antes restríto se abriu por completo


O s seus cabelos lindos são como as ondas do mar
S alvou-me de permanecer vivendo excluso no deserto

A cho que ela impressiona os anjos com tanta sedução
N ão quero mais nada a não ser o amor dessa menina
J oguei a toalha, pois toda minha fortaleza foi ao chão
O meu desejo é compartilhar com ela a minha vida
S onhos e segredos que por anos estavam na escuridão

UM LUGAR NO SEU CORAÇÃO

U m sinal lhe fiz e tantos outros não notados
M eu amor deseja ter um lugar no seu coração

L á no fundo o meu peito de paixão está lotado
U ma chance só precisava para uma aproximação
G uarde um lugar à quem está carente de amor
A ssisto você passar e nem minha presença notar
R ouba a minha paz você com esse seu desamor

N unca imaginei em ter que aos seus pés me jogar
O meu coração não queria à sua atenção pedir favor

S eria um sonho se não precisasse ter que implorar
E u estou de braços abertos feito o cristo redentor
U ma dor é ver a porta não se abrir para eu entrar

C ertamente sou mais um torcedor sem lugar cativo
O coração insistindo em apostar na pessoa errada
R isco correndo por quem de morrer lhe dá motivos
A vida passa e sem ter o seu amor tudo é sem graça
Ç onstruo castelos e sonhando em ter seu amor vivo
A pedra da desilusão da esperança quebra a vidraça
O seu desprezo certamente é o meu maior castigo

PASSANDO DESPERCEBIDO

P arece que estou no filme: Esqueceram de mim
A esperança de alegria há tempo está falecida
S orte aquele que tem a felicidade perto de si
A o contrário ela parece de mim está escondida
S olidão se fosse água teria me matado afogado
A ceno para a multidão e ninguém consegue me ver
N ão queria muito, somente alguém ao meu lado
D istraio o meu coração para de tédio não morrer
O s dias passam e com ele a vontade de sorrir


D e certo não há motivos para esboçar uma emoção
E stá aqui abandonado é o mesmo que não existir
S eis doses de morfina já apliquei no meu coração
P enso que a dor pode ser amenizada dessa maneira
E u não sei o que fiz, mas o amor não me enxerga
R eceio que sonho de encontrá-lo rolou pela ladeira
C ansado estou de fazer planos e ficar a sua espera
E ntão não sou merecedor de ser feliz pelo destino?
B usco nos livros a fórmula de ter um amor também
I nfelizmente tudo indica que continuarei esquecido
D esistir de chamar, pois o amor me salvar não vem
O que me parece é que passo por ele despercebido

O FRIO QUE SE ARRASTA

O ntem como de costume me faltou coragem

F iz planos e ensaiei diante do espelho
R azãoes tinha, mas não mandei a mensagem
I nfelizmente a timidez ainda me mete medo
O fato é que perdi a chance de me declarar


Q ueria que você soubesse desse meu amor
U m sonho existe e que poderia até se realizar
E eu vejo que sou o culpado pela minha dor

S eu sorriso é mais lindo que o brilho da lua
E m seus braços imagino um dia me acolher

A real é que me perco diante da beleza sua
R asgo os versos que fiz e todos eram pra você
R efém continuo desse sentimento de impotência
A falta de brio deixa o meu coração congelado
S ou um louco apaixonado e oculto as evidências
T anto amor permanece no meu peito amordaçado
A timidez vai acabar levando minha vida a falência

sexta-feira, 12 de maio de 2017

ABC DAS MÃES


PESCADOR DE DESILUSÃO

P ronto estou novamente à me aventurar pelo mar do amor
E u sei que foi uma decisão difícil a ser tomada por mim
S uperei do passado as dores e retirei do peito o rancor
C omo um marinheiro não temia correntezas ou tempo ruim
A creditava que a felicidade nadaria até os meus braços
D e todos os meus sonhos um era encontrar a pessoa amada
O pescador não pensa que seus planos serão um fracasso
R uma para o oceano para encontrar a sua sereia sonhada

D esilusão surge e causa turbulências em sua embarcação
E ntão descobre ele que a maldade nada em águas profundas

D entro do seu peito imensa ferida causada por um arpão
E o coração dele sem querer bater na tristeza se afunda
S ofri para superar o desamor de quem não me deu valor
I nocênte pescador que saiu ao mar na primeira viagem
L evei um tempo para voltar a sentir da paixão o sabor
U ma jovem de olhar cor de rubi surgiu e não foi miragem
S alvou minha vida de viver só e sentir da solidão pavor
A colheu-me em seus braços despertando de amar a coragem
O coração encontrou o porto seguro e sente do amor o calor

IMPRECIONANDO OS ANJOS

I rracional eu era por viver fugindo no amor
M antinha todas as portas do meu coração fechadas
P erde tempo quem não deseja ser um descobridor
R econheço que não acreditava em conto de fadas
E stava eu num sono profundo sem querer despertar
C onstruíndo barreiras contra qualquer sentimento
I nvisível me tornei para ninguém poder me notar
O meu temor de verdade era de sentir o sofrimento
N ada dura para sempre e nem o gelo do meu coração
A primeira vez que não tentei da felicidade fugir
N os olhos daquela morena notei o fogo da paixão
D ona de um sorriso encantador conseguiu me seduzir
O meu coração antes irrestríto se abriu por completo

O s seus cabelos negros se parecem as ondas do mar
S alvou-me de permanecer vivendo excluso no deserto

A cho que ela até mesmo os anjos está a imprecionar
N ão quero mais nada a não ser o amor dessa menina
J oguei a toalha, pois toda minha fortaleza foi ao chão
O  meu desejo é compartilhar com ela a minha vida
S onhos e segredos que por anos estavam na escuridão