domingo, 6 de novembro de 2016

NÃO CHAME O BOMBEIRO

N o frio da solidão do seu carinho não sinto calor
A s noites frias do meu sentimento resfria o vapor
O seu corpo quente no meu seria como um aquecedor

C hama da minha paixão aquece o desejo do seu amor
H á com essa distancia uma geleira no meu coração
A tristeza é uma ferida que causa-me uma infecção
M antenho o fogo aceso tentando uma aproximação
E sse amor por você deixa meu sangue em ebulição

O s seus braços certamente seriam o meu cobertor

B astaria um beijo para devolver à vida o meu sabor
O s seus olhos de princesa aliviariam a minha dor
M eu coração é uma tela em branco e você é a sua cor
B ombeiro nenhum apaga o incêndio que está queimando
E você é o meu combustível e o fogo vai aumentando
I ncinerar minha solidão há tempo venho sonhando
R eceio que não são cinzas e no seu amor vou apostando
O coração tem esperança de você me amar como eu te amo

Nenhum comentário: